Fundado em 22/Setembro/1999 Gurupi - Tocantins Fale Conosco Facebook 02/08/2021 16:39
  31/05/2021 11:02:00
Imprimir
IGEPREV DEFICITÁRIO

TOCANTINS - Ex-prefeito Laurez Moreira diz que aposentadoria dos servidores está ameaçada pela má gestão do Governo Carlesse

O Igeprev é uma instituição sagrada para os servidores públicos do Tocantins, porque é a garantia do sustento de milhares de pais e mães de família na sua aposentadoria. O que estão fazendo com o Igeprev é uma crueldade com os servidores”, afirmou Moreira em material enviado à imprensa.

por Agnaldo Miranda - DRT-TO 726 Mtb

Foto: Divulgação

"O que estão fazendo com o Igeprev é uma crueldade com os servidores público estaduais”, ressalta o ex-prefeito Laurez Moreira.

Pré-candidato ao governo do Estado nas eleições de 2022, o ex-prefeito de Gurupi, Laurez Moreira (PSDB) endureceu o discurso contra o Palácio Araguaia e suas praticas que dão prejuízo ao Estado e servidores públicos.


O alvo da vez foi o Instituto de Gestão Previdenciária do Tocantins (Igeprev), que é alvo de auditoria determinada pelo Tribunal de Contas (TCE).

O pedido de Auditoria Operacional considerou os levantamentos realizados pela Corte que apontaram que as despesas ultrapassam as receitas arrecadadas, demonstrando um regime deficitário com reflexo no plano financeiro desde o exercício de 2016, além das diversas recomendações e determinações contidas nos processos de Controle Externo, emitidas pelo TCE/TO.

LAUREZ

“A aposentadoria dos servidores do Tocantins está ameaçada pela má gestão do governo do Estado. O Igeprev é uma instituição sagrada para os servidores públicos do Tocantins, porque é a garantia do sustento de milhares de pais e mães de família na sua aposentadoria. O que estão fazendo com o Igeprev é uma crueldade com os servidores”, afirmou o tucano em material enviado à imprensa.

ENTENDA O CASO

O Pleno do Tribunal de Contas do Tocantins (TCE/TO) acatou requerimento apresentado pela conselheira Doris de Miranda Coutinho, titular da Quinta Relatoria, e determinou a realização de uma Auditoria Operacional no Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Tocantins (Igeprev), com o objetivo de avaliar a sustentabilidade do Regime Próprio de Previdência dos Servidores do Estado.

O documento foi apresentado durante a sessão do Pleno por videoconferência, na tarde desta quarta-feira, 26, sendo aprovado por unanimidade, conforme a Resolução nº 454/2021, publicada no Boletim Oficial da Corte. O requerimento faz parte do processo 5131/2021 que pode ser acessado no sistema E-contas.

O pedido de Auditoria Operacional considerou os levantamentos realizados pela Corte que apontaram que as despesas ultrapassam as receitas arrecadadas, demonstrando um regime deficitário com reflexo no plano financeiro desde o exercício de 2016, além das diversas recomendações e determinações contidas nos processos de Controle Externo, emitidas pelo TCE/TO.

Voltar

Comentários

Notícias mais lidas

IMPOSTOS

Fecomércio-TO divulga, nota sobre exclusão do ICMS da base de cálculo do Pis e da Cofins

CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL

Prefeitura de Aliança do Tocantuns abre concurso público com 82 vagas

CONCURSO PÚBLICO MUNICIPAL

Prefeitura de Formoso do Araguaia abre concurso com 141 vagas

PLANTÃO DE POLICIA

GURUPI: Policia Civil envia ''GOTE'' Grupo de Elite para conter onda de violência que assola cidade

SAÙDE

Carreta Unidade Móvel III do Hospital do Câncer de Barretos estará em Gurupi realizando atendimentos de graça

Todos os Direitos Reservados © Tribuna do Tocantins

Rua C-03, Qd-10, Lt-05, Nº 101 - Setor Canaã -Gurupi/TO

Atualizado 2021